fbpx

Cansaço, desinteresse e desmotivação? Saiba como prevenir o burnout!

14 Dez, 2021 | Formação

Se já viu o filme, Office Space, de 1999, recorda-se da forma como o protagonista lida com as consequências do seu esgotamento físico e mental. Se não viu, é um bom ponto de partida para perceber esta doença. Sim, leu bem: doença. Mas já lá vamos.

Peter Gibbons, o protagonista, é forçado a trabalhar noite adentro e aos fins-de-semana. Para ele, todos os dias são os piores dias da sua vida. Então, desiste. Objetivos e horários não importam mais. A aparência também não. Nem a namorada nem os colegas sabem lidar com a sua falta de motivação. E esta apatia, há 20 anos, mudou a forma como encaramos o mercado de trabalho.

Sentirmo-nos exaustos é normal. Mas e quando todos os dias são dias de ansiedade? E quando desistimos do trabalho e de nós próprios, como fez o protagonista de Office Space? Nesse caso, podemos estar perante os sinais de um burnout.

 

Mais do que um problema, é uma doença

O esgotamento é um problema real, reconhecido pela Organização Mundial de Saúde como doença. E está longe de ser raro: um estudo de âmbito europeu revelou que, em 2020, 54% dos portugueses tiveram ou estiveram no limiar do burnout. Desses, 65% eram mulheres.

A pressão, o excesso de trabalho em casa e no escritório ou o empenho sem contrapartidas são, frequentemente, os principais catalisadores. Mas há sinais mais subtis que, ainda assim, não deve ignorar:

  • Absentismo, exaustão ou perda de produtividade;
  • Dificuldade de em se concentrar, dormir ou dores musculares;
  • Ausência de vínculo emocional com o trabalho ou colegas;
  • Contentar-se com o mínimo, em vez de procurar fazer melhor.

 

Prevenir e não desistir

É nas empresas que a prevenção começa. Uma boa liderança pode identificar sinais de alerta e prevenir situações graves.

Quão bom é percebermos que as nossas dúvidas são ouvidas? Quão bom é sentirmo-nos incentivados e vermos o esforço reconhecido? Se concorda, então, procure aplicar estas estratégias:

1) Premiar o mérito, valorizando o empenho ou melhorando o conforto do escritório e o bem-estar de todos;

2) Ações de teambuilding, promovendo o espírito de equipa e o bem-estar;

3) Definir onde o trabalho acaba e a casa começa;

4) Reservar tempo para si e para os outros;

5) Praticar atividade física, pois ajuda a libertar a tensão e a definir objetivos;

6) Não desistir, avaliando o que está a faltar e o que deve mudar.

 

A Formação pode ajudar!

Parece contraditório, mas desenvolver novas competências ajuda a evitar o burnout. Sim, a Formação reforça capacidades e renova a motivação.

Pode aprender uma língua nova ou um novo programa de análise de dados. Mas pode também saber como gerir conflitos ou melhorar o equilíbrio emocional. Assim, sentir-se-á mais capaz para resistir à pressão e superar desafios.

Acima de tudo, não siga o exemplo de Peter Gibbons. Cada dia pode ser melhor que o anterior. E nós, na Academia GROW, cá estaremos para ajudar!

Entre em contato connosco para mais informações!

Subscreva a nossa Newsletter!

Seja particular ou empresa, fique a par de todas as novidades, bem como dos nossos
cursos e conteúdos exclusivos!

Particulares

Empresas

Subscreva a nossa Newsletter!

Seja particular ou empresa, fique a par de todas as novidades, bem como dos nossos
cursos e conteúdos exclusivos!

Particulares

Empresas

Artigos Relacionados

Vêm aí apoios do PRR para formações gratuitas! Saiba como!

Vêm aí apoios do PRR para formações gratuitas! Saiba como!

Vêm aí apoios do PRR para darmos formação aos seus colaboradores! É verdade: o Plano de Recuperação e Resiliência tem formações gratuitas na área digital. Trata-se do programa Emprego + Digital 2025 e é a nova medida da componente 16 para as Empresas 4.0! O ojetivo é...

Quer um dia mais feliz e produtivo? Faça RESET!

Quer um dia mais feliz e produtivo? Faça RESET!

Sabe aquele projeto ao qual a sua equipa já dedicou horas a fio? A data de entrega aproxima-se, mas os pedidos de alterações não param de chegar. O telemóvel está sempre a tocar e os emails sempre a cair. A máquina do café torna-se na nossa melhor amiga, ajuda-nos a...

Academia de Formação Grow

Entidade certificada pela DGERT em 17 áreas de formação, tem como missão formar pessoas com base em metodologias inovadoras

Contactos

PORTO

Sede
Avenida da Boavista, 3477 | 3521, 5º Andar, Sala 501
4100-139 Porto

Sala de formação

Av. da Boavista, 3523, 5º. Andar, Sala 503
4100-139 Porto
+351 226 162 971 (Geral) - Chamada para rede fixa nacional 
+351 919 128 144 (Formação) - Chamada para rede móvel nacional
[email protected]

LISBOA

Av. da República, 50, 2º Andar
1050-196 Lisboa
+351 917 771 640 - Chamada para rede móvel nacional

[email protected]

 

2022 Copyright Grow Informação Legal  | Livro de Reclamações

Começar Conversa
💬 Precisa de ajuda?
Olá 👋

Em que posso ajudar?